top of page
Buscar
  • Foto do escritorfelipepereira.psi

Deficiência Intelectual

Deficiência Intelectual ou Transtorno do Desenvolvimento Intelectual, saiba mais sobre esta condição.



Estimativas apontam que aproximadamente 1% da população

mundial possui Deficiência Intelectual ou Transtorno do Desenvolvimento Intelectual, porém os dados mostram que a prevalência é superior em países de baixa renda em comparação com países classificados como de renda média ou alta.


A prevalência mais alta ocorre em comunidades urbanas ou em contextos rurais-urbanos, evidenciando um panorama social importante que deve ser levado em consideração. Estudos com crianças e adolescentes mostram taxas de prevalência mais altas do que nos estudos com adultos.


A Deficiência Intelectual é diagnosticada quando as pessoas apresentam déficits intelectuais e adaptativos que se tornam evidentes pela primeira vez durante a infância.


O diagnóstico de Deficiência Intelectual é realizado através da observação de condições que se enquadram em três conjuntos de critérios.


O primeiro critério inclui déficits nas habilidades intelectuais gerais, incluindo raciocínio, solução de problemas, julgamento, habilidade de aprender com a experiência e aprendizagem em um contexto acadêmico.


O segundo envolve prejuízos no funcionamento adaptativo, relativo à idade e ao grupo cultural de uma pessoa, em uma variedade de atividades da vida diária, como, comunicação, participação social e vida independente.


O terceiro critério é sobre a idade de início. De modo específico, o transtorno deve iniciar antes dos 18 anos.


Determinado o diagnóstico, o próximo passo é avaliar o grau de gravidade, podendo ser leve, moderado, grave e profundo.



- Mas quais são as causas da Deficiência Intelectual?


Geralmente as anormalidades genéticas são significativas para o desenvolvimento da Deficiência Intelectual. Dentre as causas genéticas mais importantes estão: síndrome de Down, fenilcetonúria e síndrome do X frágil.


A epigenética desempenha um papel importante no aumento do risco da pessoa desenvolver uma Deficiência Intelectual, sendo assim, estilo de vida, dieta, condições de vida e idade podem afetar a expressão de um gene por meio de mutações, deleções ou posições alteradas de genes nos cromossomos.


Os riscos ambientais durante o desenvolvimento pré-natal são a segunda categoria de causas de Deficiência Intelectual. Dentre estes riscos estão inclusos o abuso de drogas ou substâncias químicas tóxicas, subnutrição materna, infecções e doenças na genitora, como a rubéola.


Infecções, privação de oxigênio durante o parto, parto prematuro e lesão cerebral durante o parto também podem levar a dano cerebral e a déficits intelectuais associados.


- E quais os tratamentos que podem proporcionar melhor qualidade de vida às pessoas com Deficiência Intelectual?


Pessoas com deficiência intelectual podem se beneficiar da intervenção precoce, que possui o objetivo de fornecer treinamentos em coordenação motora, uso da linguagem e habilidades sociais.


Os educadores podem combinar a inclusão, que integra as pessoas com Deficiência Intelectual a salas de aula comuns, com educação especial que lhes fornece assistência voltada a suas necessidades específicas.


Tendo em vista que possuem compreensão limitada de situações sociais e da realização de atividades da vida diária, muitas pessoas com Deficiência Intelectual podem requerer tratamento para essas dificuldades associadas.


Sendo assim, o tratamento toma a forma de intervenções comportamentais ou sociais que os capacitam a lidar com as demandas da vida cotidiana, incluindo o cuidado coordenado que integra o tratamento comportamental, aproximação e avaliação multidisciplinar, assim como tratamentos de condições relacionadas que possam afetar a pessoa, incluindo depressão, transtorno de ansiedade, transtorno bipolar ou outro transtorno.

 

Referência:

WHITBOURNE

HITBOURNE, Susan Krauss;

HALGIN, Richard P.. Psicopatologia: perspectivas clínicas dos transtornos

psicológicos. 7. ed. Porto Alegre: Artmed, 2015.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page